Terça-feira, 31 de Maio de 2011

O Mundo visto pelos europeus no século XV

 

 

 

 Livro das Maravilhas de Marco Polo

 

  1. A partir do documento, caracterize a visão que os Europeus tinham sobre o Mundo no século XIV (página 19 do manual).

publicado por historia8aavanca às 21:45
| Comentar
20 comentários:
De Sara Silva e Ana Esteves a 1 de Junho de 2011 às 10:58
A visão que os europeus tinham sobre o mundo no século XIV era acreditar serem o centro do universo e a crença na existência de monstros, perigosos e fenómenos naturais extraordinários povoavam de medo a imaginação das populações europeias, confundindo-se muitas vezes com a realidade.


De Catarina ; Mónica a 1 de Junho de 2011 às 11:02
Os europeus no seculo XV acreditavam ser o centro do universo então conhecido.Na cartografia grega de Ptolomeu, na romana e na árabe, nas grandes omissões e incorrecções, relatos fantasiosos de viajantes como Marco Pólo.
Relatos das suas riquezas em sedas, porcelanas, especiarias e dos usos e costumes das suas gentes, os europeus nao se arriscavam por esse vasto territorio.
Acreditava-se na existência de monstros, perigos e fenómenos naturais extraordinários que povoavam de medo a imaginação das populações europeias.


De Becas @ a 1 de Junho de 2011 às 11:03
Os europeus no séc. XV acreditavam serem o centro do universo então desconhecido. A cartografia grega tinha omissões e incorrecções e nos relatos fantasiosos.
Acreditavam em lendas do mar tenebroso, que contavam que havia monstros, perigos fenómenos naturais, relatos fantasiosos. Acreditavam também que havia cobras com rostos humanas, gigantes e dragões com cabeça metida no ventre.


De Cláudia e Ana M. a 1 de Junho de 2011 às 11:37
^^
||


De Manuel, Kévin e Leandro a 1 de Junho de 2011 às 11:03
Os europeus tinham uma visão sobre o mundo muito limitada, em que acreditavam serem o centro do universo então conhecido.
As informações geográficas baseavam-se principalmente na cartografia grega, romana e árabe, com grandes omissões e incorrecções, e nos relatos fantasiosos de viajantes aventureiros e mercadores.
Havia muitas lendas e mitos sobre o mar tenebroso.
A existência de monstros, perigos e fenómenos naturais extraordinários assustavam as populações europeias, confundindo-se muitas vezes com a realidade.


De Mariana e Beta a 1 de Junho de 2011 às 11:04
A visão que os europeus tinham sobre o mundo no séc. XIV era muito limitada levando-os a acreditar serem o centro do universo então conhecido, porque:as informações geográficas tinham grandes omissões e incorrecções, eram baseadas nos relatos fantasiosos de viajantes aventureiros e mercadores;de África apenas se conhecia o norte e a costa até ao cabo bojador;sobre o oriente, havia relatos das suas riquezas e dos usos e costumes das suas gentes, mas os europeus não se arriscavam por esse vasto território cujos caminhos do comércio eram controlados pelos muçulmanos;o continente americano e a Oceânia eram desconhecidos;muitas lendas e mitos circulavam acerca do Mar Tenebroso.
A crença na existência de monstros, perigos e fenómenos naturais extraordinários povoavam de medo a imaginação das populações europeias.


De Amor a 1 de Junho de 2011 às 11:07
Os europeus, naquela época, acreditavam que eram o centro do universo então conhecido; as informações geográficas de que dispunham, baseavam-se na cartografia árabe, romana e grega, que continha bastantes omissões e incorrecções; acreditavam ainda na existência de monstros perigosos, criaturas fantásticas, mares escaldantes e revoltas. Estas lendas e mitos eram contados por mercadores e viajantes, como Marco Pólo, que descreviam os habitantes desses lugares, como sendo gigantes, canibais com a cabeça embutida no ventre ou até cobras com rostos humanos. Para além disso, achavam ainda que quem dobrasse o Cabo Bojador, encontraria um Mar Tenebroso, onde imensas serpentes comeriam os marinheiros que caíssem ao mar, o ar estaria envenenado e os braços ficariam negros.


De Daniela e Edi a 1 de Junho de 2011 às 11:09
Nos séculos XIV e XV, os Europeus acreditavam serem o centro do Universo então conhecido. As informações geográficas baseavam-se na cartografia de Ptolomeu, na romana e na árabe, estes tinham muitas incorrecções e omissões. E nos relatos fantasiosos aventureiros, viajantes e navegadores, por exemplo Marco Pólo. Na África, apenas se conhecia o norte e a costa até ao Cabo Bojador e do Oriente havia relatos da sua riqueza em sedas, especiarias e porcelanas, dos sues usos e costumes da sua gente. Mas, os europeus não arriscavam por esse vasto território, pois o comércio era controlado pelos muçulmanos. O continente Americano e a Oceânia ainda não era conhecidos. Havia lendas e mitos sobre o mar tenebroso.


De .... a 1 de Junho de 2011 às 11:12
que brasas!! +.+


De mary a 14 de Agosto de 2012 às 00:29
deu pro basico!! mas e bom......


De soraia e vanessa a 1 de Junho de 2011 às 11:09
Os europeus no séc.xv acreditavam serem o centro do universo. A cartografia grega tinha omissões e incorrecções e nos relatos fantasiosos.
Acreditavam que havia monstros, perigos, fenómenos naturais, relatos fantasiosos. Acreditavam que havia serpentes que comiam homens e que também existia cobras com rostos humanos.


De B! Bananas <3 a 1 de Junho de 2011 às 11:12
A visão que os europeus tinham sobre o mundo no séc. XIV era muito limitada levando-os a acreditar serem o centro do universo então conhecido, devido às informações geográficas terem grandes omissões e incorrecções, eram baseadas nos relatos fantasiosos de viajantes aventureiros e mercadores;
sobre o oriente, havia relatos das suas riquezas e dos usos e costumes das suas gentes, mas os europeus não se arriscavam por esse vasto território;de África apenas se conhecia o norte e a costa até ao cabo bojador; o continente americano e a Oceânia eram desconhecidos;muitas lendas e mitos circulavam acerca do Mar Tenebroso.
A crença na existência de monstros, perigos e fenómenos naturais extraordinários povoavam de medo a imaginação das populações europeias.


De chinesa preta <3 a 1 de Junho de 2011 às 11:16
A noção que os europeus tinham sobre mundo era, no século XV, muito limitada, levando acreditar serem o centro do universo então conhecido. Muitas lendas e mitos circulavam a cerca do mar tenebroso. A crença na existência de monstros, perigos e fenómenos naturais extraordinários povoava de medo a imaginação das populações europeia, confundindo-se muitas vezes com a realidade.


Comentar post

Escola Prof. Dr. Egas Moniz

Pesquisar

 

Junho 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


Posts recentes

Critérios Específicos de ...

Declaração Universal dos ...

As consequências da indus...

A Revolução industrial

As Revoluções Agrícola e ...

Os iluministas

O Marquês de Pombal e a p...

O poder absoluto

A sociedade do Antigo Reg...

Os interesses dos grupos ...

Condições da prioridade p...

O Mundo visto pelos europ...

Objectivos para a Prova G...

Matriz de Conteúdos da Pr...

História 8 no Facebook

Espaço de armazenamento e...

Lições n.ºs 55 e 56

Lições n.ºs 51 e 52

O contrato social, a sobe...

O direito natural

Galileu, de Liliana Cavan...

Galileu, de Joseph Losey ...

O método experimental

Lições n.ºs 49 e 50

"Neste dia: 25 de Abril"

Objectivos para o trabalh...

O terramoto de Lisboa

O terramoto de 1755

A submissão da nobreza

Lições n.ºs

Objectivos para o trabalh...

Objectivos para o trabalh...

Objectivos para o teste d...

Lições n.ºs 39 e 40

A pintura barroca

A música barroca

O palácio de Mafra

O Palácio de Versalhes

"Marie Antoinette", de So...

"The Rise of Louis XIV", ...

Arquivos

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Ligações

SeguraNet