Terça-feira, 1 de Março de 2011

Objectivos para o trabalho de pesquisa sobre a crise religiosa do século XVI

Introdução

No século XVI, a após décadas marcadas por um afastamento cada vez maior entre clérigos e crentes, esta crise acentuou-se. No comportamento dos elementos da Igreja, eram comuns atitudes e posturas que, por serem opostas aos ideais cristãos, começavam a abalar a autoridade e o prestígio desta instituição.

Por outro lado, os humanistas, com o seu espírito crítico, não hesitaram em criticar a Igreja.

Martinho Lutero, um monge alemão, tornou pública a sua opinião ao afixar, nas portas da catedral de Wittemberg, um texto contra as indulgências. Lutero tentava demonstrar que a capacidade para conceder perdão dos pecados não pertencia ao Papa, e que a absolvição passava, unicamente, pela prática das boas acções e nunca pelo pagamento de quantias em dinheiro.

Lutero foi perseguido e excomungado, mas as suas ideias reformistas deram início a uma nova doutrina – o Protestantismo.

 

Actividade

- O trabalho é individual;

- Cada aluno pesquisa:

  • os factores que contribuíram para a crise da Igreja Católica, no século XVI;
  • o grupo social a quem as críticas são dirigidas;
  • as críticas que lhe são apontadas;
  • os motivos que levaram Martinho Lutero a não conceder o perdão aos crentes;
  • as medidas tomadas no Concílio de Trento no sentido de renovar a Igreja Católica e combater o avanço das ideias protestantes.

- Redige um texto em que Martinho Lutero explique a crise da Igreja Católica;

- No final, cada aluno deverá apresentar o seu texto à turma.

- Os trabalhos serão publicados no sítio da Internet da disciplina.

 

O processo

Para a concretização deste trabalho, os alunos terão que:

- Consultar as páginas 85, 86, 87, 89 e 90 do manual;

- Rever os trabalhos de casa;

- Fazer pesquisas na Internet sobre o tema.

 

Os recursos

- Manuais escolares;

- Enciclopédias;

- Internet.

 

Avaliação

O grau de participação nas actividades será avaliado com base nos seguintes critérios:

- Discutiu de forma séria e profunda com os/as colegas sobre os temas propostos.

- Trouxe informações importantes para a discussão.

- O resultado de sua actividade foi relevante e criativo.

 

As apresentações serão avaliadas com base nos seguintes critérios:

- A apresentação trouxe várias contribuições relevantes para a discussão.

- A argumentação foi muito bem desenvolvida.

- Foi uma apresentação relevante e criativa.

 

Data de entrega

16 de Março de 2011

publicado por historia8aavanca às 00:41
| Comentar

Escola Prof. Dr. Egas Moniz

Pesquisar

 

Junho 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


Posts recentes

Critérios Específicos de ...

Declaração Universal dos ...

As consequências da indus...

A Revolução industrial

As Revoluções Agrícola e ...

Os iluministas

O Marquês de Pombal e a p...

O poder absoluto

A sociedade do Antigo Reg...

Os interesses dos grupos ...

Condições da prioridade p...

O Mundo visto pelos europ...

Objectivos para a Prova G...

Matriz de Conteúdos da Pr...

História 8 no Facebook

Espaço de armazenamento e...

Lições n.ºs 55 e 56

Lições n.ºs 51 e 52

O contrato social, a sobe...

O direito natural

Galileu, de Liliana Cavan...

Galileu, de Joseph Losey ...

O método experimental

Lições n.ºs 49 e 50

"Neste dia: 25 de Abril"

Objectivos para o trabalh...

O terramoto de Lisboa

O terramoto de 1755

A submissão da nobreza

Lições n.ºs

Objectivos para o trabalh...

Objectivos para o trabalh...

Objectivos para o teste d...

Lições n.ºs 39 e 40

A pintura barroca

A música barroca

O palácio de Mafra

O Palácio de Versalhes

"Marie Antoinette", de So...

"The Rise of Louis XIV", ...

Arquivos

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Ligações

SeguraNet